Saiba um pouco mais sobre nossa trajetória

Hoje em dia a grande maioria das pessoas sabe recitar um trecho da Constituição Federal que diz:"Todo homem tem direito à moradia...", no entanto, ao contrário do que muitos ainda pensam, não é tão fácil e simples assim. Apesar de ser um direito assegurado pela nossa Constituição, não temos livre acesso a ele, se não através de muita luta, insistência, batalha; superando os próprios limites, desafiando o cansaço e o desânimo.

É assim que o povo brasileiro tem que agir para fazer valer seus direitos, demonstrando toda sua raça e garra que lhe são inquestionavelmente inatas.

Foi pensando dessa maneira ue surgiram os primeiros movimentos sociais, fazendo aflorar a idéia de reivindicar os direitos do povo, deixando de lado o conformismo.

 

 
Em 1982, um dos fundadores da Associação, o Sr. Isaías Martins, natural da cidade de Paulista - PE, fixou residência na Zona Leste de São Paulo (Guaianases). ; posteriormente mudou-se para os arredores de Suzano (Vila Amorim). Trabalhador de indústria metalúrgica e de material plástico na cidade de Ferraz de Vasconcelos, começou a militar nas atividades sindicais e dos movimentos sociais ligados à moradia a partir de 1984, participando de várias ações de ocupação e coordenação junto ao Movimento Pró-Moradia de São Paulo.
No ano seguinte, em parceria com o Sr. Antônio Lourenço (Pró-Moradia de Ferraz de Vasconcelos), colaborou para a criação de um posto avançado do Movimento Pró-Moradia na Vila Amorim - nascia então o Movimento Pró-Moradia de Suzano.

Ainda sem sede, o Movimento se reunia nas casas de amigos e colaboradores ou em praça pública, para discutir e compartilhar seus objetivos idealizados referentes à moradia.

Em 1988, até ter seu primeiro escritório em uma casa na Av. Mogi das Cruzes no Jd. Imperador, que era dividida com outros simpatizantes da causa, o Movimento se reunia em um espaço na Câmara Municipal d eSuzano, cedido por um legislador do campo popular. Nesta ocasião Isaías Martins ficou incubido de coordenar o processo de legalização do Movimento, assim como conquistar nova sede; depois de passar por vários endereços na área central, o Movimento Pró-Moradia de Suzano, com a ajuda dos associados, locou uma casa antiga na Rua. Dr. Prudente de Moraes, 504 - bem próximo à Estação Ferroviária, ponto de referência, fator que fez com que o Movimento obtivesse visibilidade, devido a grande quantidade de trabalhadores que utilizam o local para mobilidade entre as periferias e extremos da cidade e embarcar para outras cidades.

Nos dias de hoje, Seu Isaías - como é conhecido pelos mutirantes, é licenciado em História pela Universidade Braz Cubas, leciona em instituições públicas e privadas, além de ser Coordenador-geral e Vice-Presidente do MOVIMENTO PRÓ-MORADIA DE SUZANO.